Sonhar é preciso

Uma menina tem um sonho lindo. Ela deseja ser professora, ensinar as crianças a ler e escrever. Ela é muito pobre, vive com sua mãe em uma região isolada, não tem escola por perto. Ela conta seu sonho para sua mãe que apenas olha para ela sem saber o que dizer, pois não sabe ler e a sua pobreza não lhe permite mudar para outro local.

Um dia a sua mãe foi chamada por uma mulher muito rica para trabalhar de arrumadeira na sua fazenda, um lugar longe do seu casebre. As duas se mudam para o local de trabalho e são acomodadas em um quarto discreto, nos fundos do casarão.

A sua patroa tem duas crianças que são alfabetizadas por um professor contratado com este objetivo e mora na fazenda. Percebendo a atenção que a menina, embora à distância, presta aos seus ensinamentos, ele fala com sua mãe, pede autorização para lhe ensinar as primeiras letras nas suas horas de folga. Em pouco tempo a menina aprende a ler e escrever. O seu progresso foi tão grande que chamou a atenção dos donos da fazenda. Quando seus filhos foram para a cidade, com a finalidade de continuar os estudos, a dona da fazenda foi com eles e levou a menina e sua mãe, pagou a educação da menina que realizou seu sonho de ser professora.

Após a sua formatura a menina voltou para a região onde nasceu e ensina as crianças que ali vivem. O sonho da infância hoje é realidade…

 

Marcos Antônio da Cunha Fernandes

www.marcosfernandes.org

João pessoa, novembro de 2015.

Votar para incluir esta publicação no Livro de Contos