Livro dos Amigos = 40 mais votados

  • Alguns hiatos (trissílabos) − Sérgio Vieira de Melo

    O marido de saída Leva sua cuíca Amigos reúne Pro samba de raízes.   A esposa com ciúme Brava mulher gaúcha Disse: Eu te proíbo De fazer esse ruído.   E começou o muído Do olho sai faísca Marido eu te saúdo Mas, tome juízo   Homem cuide da saúde Essa cachaça com miúdo Você por (…) Votos: 106

  • Algumas Palavras Graves – Sérgio Vieira de Melo

    De Roma o Núncio, criatura dócil, homem ágil, fala fácil, feito um cônsul, solista cantou uma ária, foi a Sérvia, passou na Rússia e também na Bósnia. Na Índia, em Nova Délhi, gastou muita Rúpia e (…) Votos: 93

  • Discagem Direta Infernal − Mala Kias

    Telefonei pro inferno Pra ver se o diabo atendia Mas, era tarde da noite E ele tava ocupado Porém, mandou um recado Dizendo que não podia Logo, fiquei chateado Pois (…) Votos: 88

  • Certezas avessas − Sérgio Vieira de Melo

    Escolhas certas Certos rastros Caminhos tortos Tortas pegadas Meia sombra Sombra de luz ofuscante Sim… Erros saudosos De lembrança leve E bagagem pesada Toalha macia Vida áspera Desejo profundo Sentimento raso Meu vazio Cheio de erro torturante Não… Noites longas Paixões curtas Alegrias vãs Tristezas sãs? Dúvidas à toa Sobre Tudo Fio do nada (…) Votos: 77

  • Bagagem leve – Sérgio Vieira de Melo

    Amizade, Bondade, Caridade, Deus e Evolução. Felicidade, Gratidão, Humildade, Inteligência e Jesus. Louvor, Misericórdia, Natural, (…) Votos: 71

  • A Derrota de Mufino (Cordel) - Sérgio Vieira de Melo.

    A Derrota de Mufino (Cordel) – Sérgio Vieira de Melo.   Agora aproveito O fim desse pleito Pra contar do meu jeito Quanta alegria no peito   Tua derrota foi o efeito Do teu desrespeito Nunca trabalhou direito Este é meu conceito   Ofensas não aceito Tenha mais respeito Teu sonho foi desfeito E (…) Votos: 45

  • Ausência, Afastamento e Distância – Sérgio Vieira de Melo

    Dedicado ao meu filho Dário Alexandre de Melo (Em memória).   Perdoa toda minha ausência e o que ela provocou Perdoa pelo afastamento precoce que a vida nos impôs Perdoa pela distância que nos separa Perdoa Dário teu pai por tudo… Tua vida e nosso (…) Votos: 43

  • DAS VEZES... - Sérgio Vieira de Melo.

    DAS VEZES… – Sérgio Vieira de Melo.   Das vezes que sonhei o quanto seria bom ser rico, entendi acordado que já possuía muito mais do que precisava. Das vezes que imaginei que na minha caminhada havia passos perdidos, compreendi que todos (…) Votos: 41

  • Um Raro Dia Sem Sol – Sérgio Vieira de Melo

    Um Raro Dia Sem Sol – Sérgio Vieira de Melo Obrigado Senhor. Agora bem que aliviou, mas hoje, durante toda manhã o Criador mandou chuva, tão ausente e esperada por muitos. Fomos atendidos, em parte, (…) Votos: 37

  • Dar sem humilhar - Sérgio Vieira de Melo

    Em maio daquele ano aquela família passava por grandes privações bem sei. Tudo começou quando Seu Manoel ficou desempregado na gráfica que fechou por conta da chegada dos computadores e demorou a encontrar outro emprego. Com muita (…) Votos: 33