História de fada

Um ser humano e uma Fada conversam sobre a Vida. O ser humano não percebe que conversa com uma Fada.

− Só acredito no que os meus olhos veem, diz o ser humano.

− Você acredita na existência do ar que respira, mas não vê o ar, apenas o sente quando o inspira e expira. Logo, a sua afirmação não é verdade, diz a Fada.

− Está bem, modifico a minha colocação anterior: só acredito naquilo que pode ser comprovado pelo uso dos cinco sentidos.

− Do ponto de vista científico a sua colocação continua incorreta, as grandes descobertas da ciência não são realizadas através da utilização do uso dos cinco sentidos, mas do uso da inteligência, pensando como seria o funcionamento do universo. A ciência passou mais de quarenta anos para comprovar algumas hipóteses colocadas por Einstein na teoria da relatividade, mas muitas coisas foram feitas usando esta teoria…

− Você vê além daquilo que enxergo. Como aprendo a dilatar a minha visão?

− Olhe o mundo com os olhos da alma e os olhos do coração. Os olhos físicos são limitados, não permitem uma visão aprofundada da Vida. Antes de partir vou deixar uma frase de Antoine de Saint-Exupéry para você meditar: “Só se vê bem com o coração, o essencial é invisível aos olhos”…

 

Marcos Antônio da Cunha Fernandes

www.marcosfernandes.org

João Pessoa, 3 de setembro de 2015.

Votar para incluir esta publicação no Livro de Contos